Em sua última pesquisa o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), comprovou que a prática de atividade em grupos de idosos está em ascensão. E a procura pelo CrossFit tem sido uma busca constantemente feliz para nós.
Dentre os benefícios podemos destacar melhora na densidade óssea, o aumento da força, diminuição da pressão arterial e de aspectos emocionais e psicológicos, falaremos mais adiante detalhadamente. Por ser uma nova tendência entre os grupos de terceira idade, devemos estar atentos há alguns diferenciais como: a intensidade, tipos de execução, número de repetições e esforço realizado pelo nosso aluno. Visando sempre a sua saúde e bem estar.
Devemos tomar muito cuidado com exercícios de alto impacto, já que é comum nessa fase uma diminuição da massa muscular, por isso nosso foco está em intensificar exercícios de força, resistência e potência muscular. Pensamos muito em atividades do dia a dia, melhorando a capacidade funcional do nosso idoso, e deixando-os muito mais hábeis e fortes para enfrentar seus desafios diários e evitando as quedas, uma reclamação recorrente e perigosa nessa fase.

O CrossFit na terceira idade já se tornou uma indicação de muitos médicos geriatras e cuidadores de idosos, pois a prática está relacionada diretamente ao nosso maior e melhor conceito de comunidade. Visto que é um ambiente aconchegante e acolhedor, onde atribuímos ao nosso público uma atividade divertida, buscando uma autonomia de
movimentos englobando diferentes articulações e grupos musculares, em busca de uma melhora nas capacidades físicas como força, velocidade, agilidade, equilíbrio, coordenação motora, flexibilidade e resistência. Não podemos deixar de falar dos benefícios com relação a auto estima e confiança adquiridos em praticantes de CrossFit na terceira idade, sendo assim possível uma plenitude física, emocional e psicológica. Concluímos então que o CrossFit é um treino seguro, benéfico e eficiente para a terceira idade, desde que tenhamos e temos em nossa box treinadores experientes e atentos a prática, sempre visando progressões adequadas de cargas e treinos adaptados
quando necessário, aqui nós pensamos na saúde do nosso aluno, na sua segurança, conforto e bem estar. Temos sim a certeza de que CrossFit é para todos, felicidade, saúde e disposição plena também.

PARA REFLETIR… Meu velho e saudoso wod.

Quando os meus recordes pessoais forem apenas histórias e minha pernas bambearem para alcançar a distância máxima do jardim.  Quero continuar a fazer parte dessa comunidade e não passar despercebida e invisível aos olhos de quem um dia amei. É saber que os meus longos wods, que passavam tão depressa quando a juventude reluzia em minha testa, hoje seja intermináveis em horas que se apressam. Eu quero o aconchego e o pulsar do coração, em cada batida da música alta e no pingo do suor que cairá um dia no chão. Quero fugir da inutilidade, quero me proteger e manter a independência da minha locomoção, quero sim treino adaptado, amraps sem fim, não quero que a vida me force a fazer um time cap, na verdade eu quero um for time sem fim. Quero que o meu desafio seja sentar-me e levantar-me de uma caixa, com a mesma vitalidade que eu agachava e não reclamava.
Que eu redescubra o significado da existência, ao olhar uma argola ou uma corda suspensa e sinta que no meu corpo o mesmo equilíbrio me sustenta. Que eu me sinta viva a cada contagem regressiva, que por um corpo, sadio, esperto
e ativo eu vá e vença cada desafio. Entãoooooo boraaaaaaa…. em 5…4..3..2..1

Referências:
– Gava, Tainara Teixeira – Crossfit: Uma análise crítica – Limeira 2016
– Matsudo, Sandra Mahecha – Matsudo, Vitor K.R. – Prescrição e benefícios da
atividade física na terceira idade
– https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=21003
64 acesso em: 19, de novembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *