É uma das modalidades esportivas mais antigas dos jogos olímpicos da era moderna.  Desde a primeira edição de 1896 em Atenas, a modalidade vem se destacando e cada vez mais ganhando adeptos, principalmente dentro do CrossFit.

O levantamento de peso era visto como um treinamento na preparação de atletas de outros esportes por possuir um conjunto de exercícios que desenvolviam as aptidões físicas, como força e potência muscular.

Perikles Kakousis, Athens, Greece. Winner of two-handed weightlifting [bar-bell] competition in action. [1904 Olympics]. [Louisiana Purchase Exposition]. LPE 903B. Photograph attributed to Jessie Tarbox Beals, 1904. Missouri Historical Society Photographs and Prints Collections. WF 0299. NS 15735. Scan (c) 2004, Missouri Historical Society.

O Weightlifting baseia a sua prática no objetivo de fazer um levantamento de uma barra com carga máxima do chão até acima da cabeça, finalizando com o corpo em extensão total. Atualmente o CrossFit utiliza do levantamento de peso como um método para desafiar os atletas e medir o grau de força pura do ser humano.

O fundador do CrossFit chama atenção para a diferença do Weightlifting e dos programas tradicionais de desenvolvimento de força como a musculação, e diz que a parte neurológica é desenvolvida em grande potencial, como a coordenação, a agilidade, equilíbrio e precisão. Para isto, chamamos de técnica, o principal fator para conseguirmos elevar as cargas e aumentarmos cada vez mais os estímulos neurológicos e físicos.

As técnicas de levantamento de peso mais utilizadas são o Snatch (arranco) e o Clean & Jerk (arremesso). A diferença entre os dois está biomecânica do movimento. Enquanto o Snatch a barra sai lá debaixo e vai direto para cima da cabeça, o Clean & Jerk possui dois tempos, o primeiro tempo em que o atleta puxa a barra e coloca no ombro (clean), e o segundo tempo (Jerk) que ele projeta essa barra para cima da cabeça.

Para um bom levantamento de peso é preciso muito treino de técnica, combinado com exercícios acessórios. Estes exercícios são importantíssimos e estão presentes nas aulas da box, e você não pode deixar de fazer! Por exemplo: Agachamentos, pelas costas (back squat), pela frente (front squat). Costas e Ombros, Shoulder press, Push Press e Push Jerk. E o mais importante de todos é o CORE, o centro do nosso corpo, os músculos mais profundos que nos dão sustentação e equilíbrio.  “Desenvolver força distal sem presença de estabilidade proximal é como tentar dar um tiro de canhão de dentro de uma canoa(Michael Boyle). Ou seja, não adianta ter força apenas nos braços e nas pernas se você não possui força no centro do seu corpo.

Portanto, podemos listar as maiores vantagens de se praticar o Weightlifting:

  • Melhora na densidade óssea (redução na incidência de osteopenia e osteoporose)
  • Prevenção de lesões (hábitos do cotidiano, por exemplo, pegar um saco de compras e travar a coluna)
  • Melhora do nível físico (resistência cardiovascular, resistência muscular, força, flexibilidade, equilíbrio, potência, velocidade, agilidade, coordenação e precisão)
  • Perda de gordura e aumento da massa magra (segundo estudos científicos, os exercícios de potência muscular exigem mais energia, portanto mais calorias são queimadas, durante e após o treino).

Como melhorar seu LPO? Não deixe de comparecer as aulas principalmente quando a técnica é o LPO, muita das vezes as pessoas têm medo de jogar uma barra para cima da cabeça, perca esse medo, siga as orientações do Coach. As aulas especiais de LPO com o Coach Ligero são sensacionais, vale experimentar. E claro, se você quiser um acompanhamento particular, experimente as planilhas de treino, converse com um Coach e tire todas suas dúvidas.

Podemos perceber então que o Levantamento de Peso (Weightlifting) tem uma ótima ferramenta auxiliar para qualquer outro esporte e, fundamentalmente, um ótimo caminho para atingir um nível de saúde e condicionamento que muitos pensaram nunca atingir.

 

Referencias bibliográficas

SILVA Bruno Victor, JUNIOR Márcio Ferreira, SIMIM Mário Antonio de Moura, MELO Eliney Silva, IDE Bernardo Neme, MOTA, Gustavo Ribeiro. “ Os benefícios do levantamento de peso olímpico”. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, São Paulo. v.11. n.66. p.377-385. Maio/Jun. 2017.

FERREIRA, Eliane Nascimento, TRIANI, Felipe da Silva, MOREIRA, Jorge Felipe Fonseca. A Prevalência de Lesões em Atletas de Levantamento de Peso Olímpico. Corpussci.|RiodeJaneiro |v. 10|n.1|p.58-63|jan./jun.2014.

http://gymfactory.pt/magazine/instrutores/40-weightlifting/54-por-que-nao-podemos-esquecer-o-weightlifting

One thought on “O que é Weightlifting? Por que fazemos?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *